quarta-feira, abril 12, 2006

Teu Nome (Ale - 12/04/2006)





Profundidade!
Meu ser se eleva ao espaço e te encontra
Pairando como a brisa suave

Percebo em ti, a nota esquecida
O tom real e belo da musicalidade que está em mim
Vibração celeste e perfeita como
Canção de amor

A energia circula por toda parte
E me conduz para o centro de minha alma solta
O mesmo centro de ti

Teu olhar uma Mandala de luz
Tua pele, pétala
És como a flor que encanta.

Teu corpo é leve como o vôo dos pássaros
A beleza do teu coração é um templo
E o teu nome é para mim um mantra

5 comentários:

Ale (mestressan) disse...

Brenda, tem uma música do Raul Seixas que diz assim: "Quando o navio finalmente alcança a terra, e o mastro da nossa bandeira se enterrar no chão, eu vou poder tocar em sua mão, falar de coisas que eu não disse ainda não...ah, coisas do coração" ;) - Beijos e paz pra vc tb!

yulunga disse...

Uma Páscoa cheia de amor

אiℓcέia disse...

"Se as coisas são inatingíveis...ora!
não é motivo para não quere-las...
Que triste o caminho, se não fosse
a mágica presença das estrelas!"

Mário Quintana

Oi amigo desculpa eu não te responder no orkut é que só li sua mensagem agora, estive ausente por um tempo.
Bjus

O Micróbio II disse...

Mais um magnífica momento de pura sedução... :-)

Alexandre Sousa disse...

Venho solenemente anunciar que vai sair no próximo mês de Maio o meu primeiro livro.. CUMPLICIDADES é o seu titulo.