quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Além (Ale - 28/02/2008)


Muito mais fácil viver
Quando se sabe bem para onde ir
Basta fixar o olhar

Na direção do querer
A vida te leva enfim
Aonde você quer chegar

Mas quando nem isso se tem
Pra onde se vai
ou de onde se vem
nos resta mesmo é voar

Para dentro de si
Viajar
E no fundo da alma
Encontrar o além

Além da terra e do ar
Além do fogo e do mar
além de tudo que é
ou não é

além de mim ou de ti
do que é errado ou certo
do que é fechado ou aberto

do que é chão, ou então
do que é teto

nada que não seja além
brota de dentro da alma
mesmo a dor ou o amor
mesmo a fúria ou a calma

lado de dentro então
mora do lado de fora
minha alma é a casa do além
no meu coração ele mora

lado de fora também
mora do lado de dentro
a casa da minha alma
é o além, é o tempo

4 comentários:

Ariadne disse...

Lindo!! =)

Ale (mestressan) disse...

Meio música né Ari? Grato ... Bjo!

Ariadne disse...

Meio jeito Ale de ser...estou sempre aqui pra te ver hein!!!
Beijos querido sumido.

Clarissa disse...

Oi Ale!!
Vi agora esse poema. Gostei mto!!
Posso musicar?
Tem alguma restrição?
Bj