quinta-feira, dezembro 08, 2005

Vôo Livre (Ale - 08/12/2005)


Quem sabe, agora eu queira voar
entre sonhos impossíveis!
Dormir sem nada pra fazer de dia
Talvez domingo
eterno sol bonito
Em excitante monotonia

O céu me chama pra senti-lo inteiro
Com seu azul correndo em minha face
O vento frio penteia o cabelo
Da minha alma arranca o disfarce

Quero poder sonhar assim pra sempre
Correr, voar, pular entre montanhas
Fugir de tudo que não é presente
Viver aqui, comigo e minhas manhas

Pássaro claro vôo em céu aberto
Manhã dourada até o sol poente
Amor tranqüilo, quero estar tão perto
Do coração que ama eternamente

Sentimento claro
Pensamento livre
Coração tão raro
que ainda não tive

Meu céu de amparo
Onde não estive
Um amor perfeito
Dentro do meu peito

Onde o vento sopra e a alma vive

6 comentários:

GAbi disse...

M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.A.


Quem é o cantor??? quero ouvir maninho... sentir... e voar...

Te Amo!!!
bj no coração querido!

Liliana disse...

é só sonhar...
um abraço

O Micróbio disse...

Bom, está na altura de acordar!! :-)

PortoCroft disse...

No dia em que nasceste, não haviam pinheiros enfeitados com multicoloridas luzes intermitentes. Não vieram os três reis magos, montados em camelos, seguindo uma estrela, para te ofertarem ouro, incenso e mirra.

Só tua mãe, que não era virgem, e o teu pai, que nunca foi santo. E ambos te adoraram. Não nas palhinhas, mas no berço daquela esperança que renova a felicidade dos homens. Além da vida, ofertaram-te amor, simplesmente.

Só depois vieram as vacas e os burros. Uma constante, incontornável, da vida.

Assim se fez Natal. Permanentemente. És tu, por dentro do peito.
... ... ... ... ... ... ... ... ...

Os melhores votos de Feliz Natal!

Adryka disse...

Olá querido amigo vim te visitar e trazer-te um abraço meu e um grande beijinho deixando para ti os votos de um feliz natal

yulunga disse...

Um Natal muito feliz.