quarta-feira, novembro 19, 2008

Amor de um novo dia (Ale – 19/11/2008)


Meu amor, do teu sol me fortaleço
Teu olhar me traz luz todos os dias
Tua alma é a paz que nunca esqueço
Revivendo meu mundo de alegria

Em tuas mãos eu encontro meu abrigo
Em teus braços me sinto mais liberto
E na força contida em seu sorriso
Vejo oásis por todo o meu deserto

Diante do amor, agora eu canto
Em notas de paz, vida e alegria
Sentindo então o fim de um pranto

Da vida cansada que eu vivia
Na ausência sentida em desencanto
Da noite que então já se fez dia

2 comentários:

Isis Brandão disse...

Lindo... amo vc assim... e a recíproca é toda verdadeira...
Mas vc viu as gosminhas verdes nas plantas? São as futuras borboletas que enfeitam minha vida...
Te amo!
Um beijooooo,
Isis iB

~*Frau Sant'Anna*~ disse...

Lindo soneto.
Bom te ver de volta nos braços do amor, amigo poeta.

Grande abraço e boas festas