quarta-feira, maio 04, 2005

Perfeição (Ale 04/05/05)



Quando tu vens, te vejo como uma Deusa de luz.
Teus olhos iluminam a mais profunda sensação de um coração humano!
Como uma onda do mar perfeita, te fito os olhos.
Logo desapareces em meio à espuma branca de tua alma limpa.
És como o anjo puro, de intocável beleza!
Habitas no espaço infinito de mim mesmo, mas não te encontro
Busco em minha alma simples e não te acho
Como aquela onda te formas novamente em meio ao nada.
Sopra o vento que me traz teu cheiro, quando te olho, te sinto
mas não te tenho!
Um anjo que não se toca
A onda que se desfaz ao vento.
Apenas te ver, te olhar
Admirar tua beleza clara,
O que fazer?
Diante do que vejo, me contento

14 comentários:

RC disse...

Tropecei por aqui vindo das multiplas cores da Lua e da Concha lá do outro lado do Oceano...

andorinha disse...

Ale,
Mais um poema muito bonito. Gosto muito do que escreves.
Os poetas que eu tenho encontrado ultimamente por aqui.:)
Continua, amigo, vou ser visita assídua.
Beijinho

O Micróbio disse...

É nestas alturas que recordo a frase do Sebastião da Gama: "E pode-se ser, em qualquer idade, ingénuo como as crianças, entusiasta como os adolescentes e profundo como os homens feitos..."... :-)

Ale (mestressan) disse...

Seja bem vindo Rodrigues, quando quiseres vir, basta atravessar o Atlântico ;o)

Ale (mestressan) disse...

Que bom Andorinha! Fico feliz por isso, por gostares do que escrevo, com certeza continuarei, se assim Deus me permitir! Um beijo e muito obrigado. (ALE)

Ale (mestressan) disse...

Eu também acredito nisso, Carlos! Na verdade a vantagem de sermos Homens feitos é que podemos escolher que fase viver de acordo com o momento, posto que já conhecemos quase todas! (ALE)

Adryka disse...

Quem disse que os homens não são sonhadores, não te vem ler, isto é a poesia mais internecedora que li.Dizes na tua poesia que a não tens, será que ela sabe que tu a amas assim...Os meus parabens amigo.

Ale (mestressan) disse...

Adryka, as vezes acho que moro na "terra do nunca" - Assistiu o filme "em busca da terra do nunca"? Pelo menos esta foi a tradução pra cá...a história real do escritor do Peter Pan? Sou mais ou menos assim, sonhador ao extremo! Quanto a tua pergunta não sei te responder! Um beijo e obrigado pela visita! :o)

Rosa disse...

Ale,

Gostei muito. Sonhar é óptimo e isso de ser "sonhador ao extremo" é coisa que não existe :)
Mas, atenção, as mulheres, não sendo o diabo, como já ouvi tu e Portocroft congeminarem ;) também têm muito pouco de "anjos puros" e tratá-las como "intocáveis" raramente dá resultado ;)))

Beijo

Ale (mestressan) disse...

Rosa, as mulheres são perfeitamente imperfeitas em suas personalidades diabolicamente angelicais! ;o) - Enquanto a tratá-las como intocáveis é uma analogia a minha pequenez diante de tamanha força que há em uma mulher! Um beijo pra ti!

andorinha disse...

Agradeço o teu elogio às mulheres.
E a propósito tens uma filha lindíssima. Que idade tem e como se chama?
Beijinho

Ale (mestressan) disse...

Olá andorinha, em resposta ao seu agradecimento enviei um e-mail com um post meu sobre a mulher! Minha filha tem 08 anos e se chama Iara! Um beijo pra ti!

andorinha disse...

Ale,
Li o poema que fizeste a respeito das mulheres e que me ofereceste.
Como é bom receber "prendas". ADOREI!
um beijão, amigo

Ale (mestressan) disse...

Beijos Andorinha!