sexta-feira, março 11, 2005

Sina (Ale - 02/03/05)

Sigo como quem sente
que tudo que muda vive,
na força do amor da gente,
no amor que um dia eu tive
nos olhos daquela menina,
seguindo a minha sina,
na luz que se faz presente
em tudo o que me cativa
no amor que tu me destina

Um comentário:

Claudiana disse...

Oi Alê! Saudades meu amigo.... ainda não pude ler tudo, tive uma semana corrida, mas já deu p notar que o Autor Desconhecido voltou com tudo! É isso aí, vc se garante muito cara, vamos publicar logo este livro!!!!!!!!!! Mil Beijos. Clau.